Solicite atendimento (16) 3102-6602  |  (16) 3102-0134
SEJA UM PARCEIRO
BLOG
Como cuidar melhor do seu cão ou gato nessa primavera?
02/09/2019

Pele e pelagem

Mudanças de estação significam troca da pelagem.  Com a troca de pelos a pele fica mais sensível podendo desencadear, com maior facilidade, eritemas (vermelhidão), pústulas (infecção bacteriana secundária), prurido (coceira) ou outros sinais dermatológicos mais graves, nestes casos o indicado é procurar um médico veterinário para o correto diagnóstico e tratamento.

Banho e tosa

Fique atento a indicação para cada raça e cuide para não deixar a pele do animal muito exposta, afinal a principal função dos pelos é justamente proteger a pele contra as agressões do clima e da exposição solar. Capriche na tosa higiênica e investa em produtos específicos para o tipo de pelo do animal.

Proteção solar

Algumas raças são mais sensíveis à exposição solar, como as de pelos curtos e pele branca. Os locais mais afetados são focinhos e orelhas, mas alguns pets são tão sensíveis que devem utilizar protetor na barriga e regiões com pouco pelo e, ainda, evitar o sol nos períodos mais intensos, para não correrem o risco de desenvolver lesões de queimadura solar e até mesmo melanoma (câncer de pele).

Ectoparasitas

Os ovos dos ectoparasitas (pulgas, carrapatos, piolhos, moscas e mosquitos) eclodem nas épocas do ano mais quentes. Para proteger os pets devemos utilizar antipulgas e carrapaticidas durante o ano todo.

Doenças e vacinação

A combinação calor e chuva, comum na primavera, contribui para a proliferação de doenças como a Leptospirose, uma doença bacteriana transmitida para os cães de forma direta, através do contato com o vetor – o rato e sua urina contaminada – e de forma indireta, através de tecidos, alimentos e água contaminados. Essa bactéria penetra a pele, em mucosas ou lesões, ou ainda pode ser inalada. É uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida para os humanos, e os cães podem ser transmissores mesmo não apresentando sinais clínicos.

A principal forma de prevenção se faz com a vacinação anual, ou semestral em locais de maior incidência e presença de ratos. As vacinas múltiplas para cães, como óctupla e déctupla apresentam proteção contra alguns sorovares (tipos) de leptospiras presentes no Brasil.

Últimos posts
Seu pet pode ser herói de outro. Doe sangue!
29/10/2019
Vamos fazer um check-up preventivo?
29/10/2019
Atendimento 24 horas pode salvar a vida do seu pet
29/10/2019
Cuidados com a pele do seu pet no calor
29/10/2019
Pets tem câncer de mama?
30/09/2019
Por período
VETPLAN
Rua Triunfo, 1349 - Sala 306 - 3° Andar
Jardim Botânico - Ribeirão Preto /SP
CNPJ 01.336.509/0001-72
ATENDIMENTO COMERCIAL
De 2ª a 6ª feira das 8h as 18h
(16) 3102-6602   (16) 3102-0134   contato@vetplan.com.br
CURTA E SIGA
© 2019. VETPLAN. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Opção Comunicação